Todas as postagens desse blog, são de inteira responsabilidade do colaborador que a fez e refletem apenas a sua opinião.
Caso você tenha interesse em colaborar com esse Blog, por favor, envie uma mensagem para redator@ame-rio.org

domingo, 24 de abril de 2011

Feliz Páscoa

bom dia caros leitores!
vim desejar uma pascoa muita boa a todos os moderadores e leitores da ame-rio!
muito chocolate,MUITO MEL ,PÓLEN!QUE O ESPIRITO DE DEUS HABITE VOSSOS CORAÇÕES!
E UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA TAMBÉM,VAMOS VOLTAR NESTA SEGUNDA-FEIRA MAS RENOVADOS E PURIFICADOS!ABRAÇOS:ATT ELVIS

sexta-feira, 15 de abril de 2011

AME-RIO busca parceria para divulgar ASFs

No dia 07 de abril, o presidente da AME-RIO, Pompilio Vieira, acompanhado pelo vice-presidente, Andreas Dako, e pelo secretário Carlos Ivan, cumpriu um compromisso muito importante e que pode trazer boas notícias para a Melioponicultura em nossa região.

Vocês conhecem a FAETEC?

A Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECT), oferece educação profissional gratuita, em diversos níveis de ensino, à população do Estado do Rio de Janeiro. Criada em 10 de junho de 1997, a Fundação reúne Escolas Técnicas Estaduais; Unidades de Educação Infantil, Ensino Fundamental, Industrial e Comercial; Institutos Superiores de Educação e Tecnologia, e Centros de Educação Tecnológica e Profissionalizante.

A estrutura de ensino da FAETEC apresenta de modo primordial a educação técnica como um pilar relevante na formação do indivíduo. Sendo assim, o aluno pode optar por uma gama variada de 40 cursos técnicos integrantes de distintas áreas, nas quais pode-se ressaltar as destinadas ao segmento de saúde, como Enfermagem e Patologia Clínica; gestão, Administração e Contabilidade, e Comunicação, Propaganda e Marketing e Design Gráfico.

Em nível superior, também são oferecidos inúmeros cursos, entre eles, os de Tecnologia em Sistemas de Informação, Gestão Ambiental, de Produção de Polímeros e Gestão em Construção Naval e Offshore.

Também são oferecidos diversos cursos de Técnias Agrícolas e Ciências Agrárias.

Pois a Diretoria da AME-RIO se reuniu com a direção e professores de Técnicas Agrícolas da Escola Estadual de Ensino Fundamental República, esta escola faz parte da FAETEC - Unidade de Quintino. A Escola República está localizada no Bairro de Quintino Bocaiúva, à rua Clarimundo de Melo, 847. 

Esse encontro atendeu o convite da Inspetora Júlia Galheigo, que  também é associada da AME-RIO e visa a criação de uma parceria de formação e ensino de Meliponicultura para os alunos. Outro objetivo é a instalação de um meliponário na Escola, com espécies da região, Jataí (Tetragonisca angustula), Iraí (Nannotrigona testaceicornis) e Mandaçaia (Melipona quadrifasciata anthidioides).

Já nessa primeira reunião foi acordada a realização de  uma palestra para os alunos de técnicas agrícolas, apresentando as abelhas sem ferrão junto com caixas povoadas.

Da reunião participaram a diretora Monique, com os professores da matéria (que estavam presentes na escola nesse dia) Andrea, Raul, Pedro e a inspetora Júlia, para os primeiros contatos. 

Andreas, Pompílio, Júlia, Andrea, Raul e Pedro

Após a reunião a comissão da AME-RIO foi convidada a visitar as instalações da escola, onde foram encontrados alguns ninhos, dois de jataís e um terceiro de uma abelha que não foi identificada. 




A visita também se estendeu ao local onde poderá ser instalado um meliponário na escola.



Nossa diretoria deixou a escola entusiasmada e já com uma visita agenda à Guapimirim, onde os professores, irão conhecer o Meliponário Escola e as abelhas mantidas por nosso associado Pedro Paulo Peixoto.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Abelhas limão

Bom dia a todos,

Hoje fui ver uma colméia de jatai de um amigo, na verdade uma isca PET e vi um enxameamento de abelhas limão.
Olha o vídeo aí embaixo:
video

Outro video:
video
Espero que gostem!
Na próxima postagem, coloco mais videos!

Abraços
Elvis Oliveira


Nota da Redação:


Elvis Oliveira tem 12 anos e é o mais novo colaborador do site da AME-RIO.

sábado, 9 de abril de 2011

Dia a dia com as abelhas e amigos

Olá, queridos amigos e leitores,


Hoje eu irei falar sobre o Mato Grosso do Sul, a minha região, o Pantanal, irei falar também sobre o meu dia a dia, com abelhas amigos e familia!


O TERERÉ:

Um parente do chimarrão que, por sinal, se toma bem gelado e na guampa. Com ervas para dar aquele gosto especial à bebida, geralmente se toma em rodas de várias pessoas, no final da tarde!
O Pantanal:

Vegetação Sul Mato Grossense, a planície pantaneira muito alagada

A onça pintada:

Animal que faz parte da fauna sul mato grossense, que é caçada para dar origens a botas bolsas e roupas com sua pele.


Abelhas sem ferrão (a jataí):
Bastante encontrada nas matas e casas do estado, as pessoas adoram seu mel e seu jeito, que eu também aprecio muito!
A cada dia que passa me apaixono mais ainda por estas abelhas, que faz parte do costume de uma casa de meu estado, ter uma caixa de jataí em sua casa.
O ramo de meliponicultor, para mim, vem se tornando mais prazeroso, mas cheio de vida e de graça!

Abraços
Elvis Oliveira

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Garoto de oito anos cria até abelhas em casa.

Amigos da AME-RIO

Ontem, no grupo ABENA, o Marco Pignatari, vice presidente de nossa congênere, a AME-SAMPA e proprietário do Meliponário Brasil, em Franca - SP, enviou um link de uma matéria que saiu no Jornal do Comércio de Franca.

A matéria é sobre o seu filho e, segundo o Marco, mostra outros bichos também, mas a parte que mostra as suas abelhas ficou muito boa.

O Marco ainda se queixa que o filho o chamou de apicultor e não de meliponicultor, mas para uma criança de 8 anos, isso não tem muita diferença, o que precisamos é convencer alguns adultos que são coisas diferentes, trabalhando com espécies bem diferentes.


Bom, o vídeo está aí, espero que gostem:


Parabéns ao Marco pelo herdeiro, um ARTISTA, um galã que deu o recado direitinho. Este vídeo precisa ser usado para enriquecer as aulas em escolas, onde as crianças poderão ver uma matéria divertida e instrutiva, um jovem vivendo perfeitamente em harmonia com a natureza, com os animais e as queridas abelhinhas.

Parabéns Marco, admiro o seu modus viventis, bem leal com o seu discurso, parabéns a sua esposa, pois sei que deve ser uma barra, aguentar os dois MARMANJOS E ESTA BICHARADA TODA, até imagino o quanto sobra pra ela......

Vamos divulgar, colegas internautas, este video, uma rara e natural edição da vida de sucesso de uma família brasileira, um exemplo de viver bem.

Pedro Paulo Peixoto
EX-Presidente da AME-RIO

Diário de evolução de uma colméia - 01

Olá a todos,

Hoje em minha segunda revisão da minha colméia 01, tirei algumas fotos e resolvi fazer um diário sobre a evolução de minha colméia, funcionará assim:

1°: a cada 20 em 20 dias, nas revisões, tirarei fotos para mostrar o rápido desenvolvimento da caixa, só mostrarei o desenvolvimento dos potes de mel e polen nas 5 primeiras postagens!
como abaixo:
Daqui a 20 dias, tirarei mais fotos e mostrarei aqui mesmo!

Elvis Oliveira

O DOCE SABOR DE UMA CRIAÇÃO





Tudo começou a pouquíssimo tempo atrás, quando decidi fazer uma visita a fazenda de meu tio, que já foi meliponicultor. Nós estávamos conversando sobre carros, quando no escapamento do carro do meu primo, começou a chegar milhares de abelinhas amarelinhas. Meu conhecimento sobre estas pequenas, singelas e amarelas, era muito pouco, quase nada. Ele começou com um papo de que ia colocar uma caixa isca e tal, e eu o ajudei (ainda não entendia nada), comecei a gostar dessas pequenas quando comecei a preparar a isca e vi elas entrando, meu tio disse que eu tinha jeito para aquilo.

No outro dia em casa, lembrei que havia um poste com estas mesmas (a jataí), preparei uma pequena garrafa meio escura, só com cera e coloquei perto delas. Depois de algumas horas fui visitar e vi que elas estavam transportando minha cera para sua colônia. Todo dia era o mesmo procedimento, até que depois de 2 semanas sem conseguir pegar, fui a internet(a AME-RIO) para descobrir como se faz do jeito certo uma isca,.aprendi e comecei a fazer, estava quase dando certo só que apareciam catadores de garrafas pet e as levavam, eu quase conseguia e acontecia isso, depois eu coloquei a isca em uma árvore a 5 metros da colméia, e elas iam lá. Alguns dias, quando eu ia ver minha isca, chovia muito e eu me molhava bastante, minha isca também! Eu sempre pegava um resfriado, uma vez até consegui pegar, mas foi invadida por abelhas apis, que eu detectei o ninho e chamei apicultores para retirá-lo!

Hoje com muito esforço tenho colônias desta espécie (jataí)
e posso dizer que minha vitória tem sabor de mel!

E sou o mais novo colaborador deste maravilhoso site, que todos nós adoramos!

Grande e fiel abraços, a todos!

Elvis Oliveira

Nota da Redação:


Elvis Oliveira tem 12 anos e é apaixonado por meliponicultura. É da região do Pantanal e gosta muito de abelhas Jataí, brevemente estará postando, em nosso site, fotos de suas abelhas e nos contando mais um pouco de seu dia a dia e da forma que maneja suas abelhas.

Em nome de todos os colaboradores do site da AME-RIO, oferecemos boas vindas ao Elvis.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

SOS FLORESTAS - O Código Florestal Em Perigo

AJA AGORA!
Diga não ao desmatamento e à anistia a quem desmatou ilegalmente
A campanha SOS Florestas é parceira do Avaaz na mobilização em defesa das matas brasileiras. Aqui você encontra o texto de uma nova petição, endereçada aos deputados, para que não aprovem propostas que signifiquem a destruição de áreas ambientais importantes e em defesa de alternativas que possam conciliar produção e conservação rumo ao desenvolvimento sustentável.

Junte-se a nós e envie sua petição aos parlamentares dizendo o que você espera deles.
Assine a Petição pelo Código Florestal em
http://www.avaaz.org/po/peticao_codigo_florestal/?sos

Vídeo explicativo:
http://www.youtube.com/watch?v=p_3tXpu1-IM

Nota da Redação:

Postagem feita por Rita Mello Magalhães, ambientalista com atuação na Região Serrana do Rio de Janeiro e associada da AME-RIO. Rita é responsável pelos seguintes sites:

http://primeiroenxame.blogspot.com/
http://abelhinhaindigena.blogspot.com/
http://abelhinhas-indigenas.blogspot.com/
http://abelhas-indigenas.blogspot.com/
http://serramelifera.blogspot.com/

Esta postagem reflete a opinião de sua autora.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Abelhas pilhadoras (2)

Amigos da AME-RIO e Internautas,

Este é o segundo video que o prof. Adalberto nos enviou, é nele que se pode observar o ninho de Partamona bilineata, saqueado pelas Lestrimelittas e logo ocupado pelas mesmas.

video

Caso vocês não tenham assistido o primeiro vídeo, podem vê-lo em:
http://www.ame-rio.org/2011/04/amigos-da-ame-rio-e-internautas-mais.html

Além disso o prof. Adalberto ainda nos informa que está ocupado em observações, para preparar uma nova matéria a ser publicada em nosso blog.

É muito bom ter amigos que nos ajudam no desenvolvimento de nosso site. Falando em ajudar no desenvolvimento do site, guardem esse nome: Elvis Oliveira e aguardem, qualquer hora vocês vão ter uma surpresa boa.

Uga,

José Halley Winckler

Abelhas pilhadoras

Amigos da AME-RIO e Internautas,

Mais uma vez o nosso Blog é brindado por um presente de nosso amigo yucatano o prof. Adalberto Aguilar Coronado. Desta vez ele nos regala com um video que nos mostra as temidas Lestrimelitta niitkib (Abeja limon - Kab Ó Niit Kib)  saqueando um ninho de Nannotrigona perilampoides.

video

Além desse vídeo, o prof. Adalberto também nos enviou um outro, nele podemos observar como elas estão transportando cerume para selar o as ranhuras de um ninho de Partamona bilineata que saquearam, eliminando sua população, para nele montar uma nova colônia.

Vejam esse vídeo na postagem http://www.ame-rio.org/2011/04/abelhas-pilhadoras-2.html

Uga,

José Halley Winckler

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Reunião de 30 de abril vai ser na Escola Wencesláo Bello

Amigos da AME-RIO,

Hoje recebi uma ligação de nosso presidente Pompílio, confirmando a data  e o local de nossa próxima reunião. Ela será no dia 30 de abril e o local será na Escola Wencesláo Bello, na Penha, Rio de Janeiro e o horário, o de sempre 09:00 hs.

Pompílio, no dia de sua eleição.
Reunião na Escola Wenceslao Bello, no ano passado.



O Endereço da Escola Wenceslao Bello é Rua Comandandre Vergueiro da Cruz, 480, com um outro acesso pela Av. Brasil, 9727, Penha, Rio de Janeiro - RJ. No mesmo local da Faculdade de Veterinária da Universidade Castelo Branco.

 O Pompilio me falou que, além da divulgação dos assuntos tratados na última reunião de diretoria, ele aproveitou para convidar o Alvaro Madeira, que ofereceu uma apresentação para nossos associados.
O Alvaro tem feito um trabalho espetacular de divulgação da meliponicultura em escolas do Rio de Janeiro, congressos e eventos educacionais e científicos.

Reunião na Escola Wenceslao Bello em fev/2011.

Eu liguei para o Alvaro e ele me falou que vai tentar mostrar um pouco do trabalho que vem realizando e tentar montar um grupo em nossa associação, que possa multiplicar esse trabalho, através de padronização de  apresentações, criação de banners e, se possível, definição de equipamentos básicos a serem apresentados.
Palestra do Álvaro, no início do ano passado.

Álvaro e Pompílio, comemorando o aniversário da AME-RIO

O Pompílio também nos deu a notícia que conseguiu fechar um pacote, para aqueles que querem participar da APIMONDIA, na Argentina, bem mais barato do que aquele divulgado anteriormente. O custo desse pacote vai ficar por apenas R$ 1.400,00, para uma estadia de 8 dias e pode ser pago em 10 vezes. Aqueles que se interessarem em adquirir o pacote ou quiserem maiores detalhes sobre o mesmo devem entrar em contato com ele pelos telefones: (21) 3251-1620 ou (21) 9919-3411.

Nessa reunião será anunciada a criação do departamento de divulgação da AME-RIO, acordada na última reunião de diretoria e que inicialmente deve ficar a cargo do redator de nosso site. Quer dizer, nosso site a partir  de agora vai ser oficializado como um departamento da AME-RIO.


É preciso agradecer a todos os nossos colaboradores, que tanto contribuíram para o crescimento desse site,  sem essa ajuda nosso blog não conseguiria chegar onde chegou.

Hoje já ultrapassamos a marca das 21.000 visitas, sendo que recebemos visitantes de 67 países diferentes.
No ínicio de maio vamos atingir um ano, registrando estas visitas e com certeza estaremos muito próximos da marca de 24.000 visitantes.

Obrigado a nossos colaboradores e principalmente aos nossos leitores por isso.

Uga,

José Halley Winckler.