Todas as postagens desse blog, são de inteira responsabilidade do colaborador que a fez e refletem apenas a sua opinião.
Caso você tenha interesse em colaborar com esse Blog, por favor, envie uma mensagem para redator@ame-rio.org

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Técnicas de Divisão de Colônias



Hoje o nosso presidente, Pedro Paulo, nos brindou com uma aula sobre Divisão de Colônias de Meliponas, no caso uma colônia de Mandaçaias (MQA), M.quadrifasciata anthidioides.

Esta colônia pertence ao nosso associado Walter Gressler, professor, apicultor, meliponicultor e conferencista renomado nos assuntos relacionados a Apicultura e a vegetação formadora do pasto apícola. Além disso tudo, Pedro Paulo afirma que o Walter fabrica as mais belas caixas que já viu, produz a mais pura cera de apis alveolada e a melhor vendida no Rio de Janeiro. Vejam na foto acima a Caixa Inteligente na esmerada fabricação do Walter Gressler.



Mas, voltando a divisão, vejam a simplicidade nas fotos. Algumas não ficaram tão boas, mas mesmo assim são muito instrutivas.

A caixa precisa ser preparada para receber os discos de cria. No Meliponário Escola, preconizamos o uso de tampas PET como berço. Pedaços de cera do Invólucro servem como amortecedores e preservam as células que aí repousarão. Pedaços de cera também são colados a parede para ajudar na fixação do ninho. A partir do momento que começamos a colocar cera na caixa, as armadilhas para forídeos devem estar a postos.
Um pequeno disco de cria nascente e dois anéis nascentes são retirados cuidadosamente da caixa mãe sem mácula ou amassamentos.


São colocados na caixa nova, sempre na posição do mais próximo a nascer por cima.


É preciso bastante cuidado para deixar o espaço abelha entre os discos e cobri-los com pedaços fartos de cera do invólucro. Vejam o pedaço que reservamos e que irá completar o invólucro.

Depois de darmos algumas batidas na caixa mãe aguardamos alguns momentos para que as campeiras sigam para a nova caixa, já posicionada no lugar da caixa mãe, que era uma caixa modelo INPA.

A nova caixa está começando a receber as campeiras, vindas da caixa mãe.




Finda a operação e o Walter levará em breve duas caixas de Mandaçaias, mas para isso, a partir do próximo dia,  precisaremos alimentar filha e mãe. Notem, também, a cera de invólucro ao redor da entrada, isso atrai as campeiras.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Duvidas? - Fale Conosco

Associados e Amigos,


Estamos a sua disposição para esclarecer suas dúvidas.
Por favor, se tiver alguma dúvida, inclua um comentário nessa seção, explicando a sua dúvida e nos indicando a forma de responder.
Respostas de comentários, que a critério da redação, possam ser de interesse da comunidade poderão dar origem a uma postagem no Blog e você só vai ser identificado se concordar e se tiver se identificado, para que possamos contatá-lo. Nome, endereço, e-mail e/ou telefone.
Comentários que contenham ofensa a associação ou a seus associados e amigos serão simplesmente ignorados.
Os outros comentários nunca serão publicados, sem sua autorização,  mas terão resposta individual, se tivermos como contatá-lo.

Se você quiser uma resposta a sua dúvida, comentário ou solicitação, forneça seu e-mail, ou endereço ou telefone para que possamos responder. Nesta página não publicaremos comentários e nem suas respostas.

Obrigado,
O Redator,